Como vencer o medo de falar inglês

Como vencer o medo de falar inglês

Como vencer o medo de falar inglês

O medo de falar inglês toma conta de todas as pessoas, seja o iniciante ou o expert no idioma. A insegurança de cometer um erro consome qualquer um.

Deparando-se com um diálogo, a necessidade de falar o inglês deixa a pessoa ainda mais nervosa, porque a pressão chega a fazer a pessoa se desesperar e acabar errando mais do que geralmente erra.

Nesse artigo, apresentaremos a você, iniciante no Inglês, dicas para te deixar menos nervoso e menos inseguro no momento de um diálogo em inglês. E já adiantamos: o nervosismo é normal para todos.

Como você pode vencer o medo de falar inglês

1 – Leia textos em voz alta

Ler pequenos textos e fragmentos de frases e/ou diálogos auxiliam na léxica de pronúncia de palavras. O maior nervosismo de alguém que quer falar inglês ocorre pelo medo de não ser compreendido pela outra pessoa.

Portanto, leia pequenos textos, simples diálogos e acostume-se a falar para si mesmo e ouvir como sua voz reage à palavra.

2 – Ouça diálogos/assista séries/filmes com legenda em inglês

A internet é o atalho para tornar-se quase um nativo da língua inglesa. A gama de conteúdo para treinar o inglês é imensa. Ouvir diálogos com a legenda em inglês auxilia muito na compreensão de como o nativo fala as sentenças.

Aprender como o nativo reproduz a fala auxilia na sua compreensão e a colocar o aprendizado em prática.

3 – Pense em inglês

Crie diálogos na sua cabeça em inglês. Parece coisa de maluco, não? Porém é eficiente. Ninguém saberá que aquele (a) “maluco (a)” está praticando seu inglês mentalmente. É um passatempo.

Na fila do banco, no supermercado ou em qualquer situação que requer alguma espera para ser atendido, como um consultório médico, por exemplo.

Criar diálogos ajuda você a se acostumar com aquilo que pode ser dito a você e o que você poderá responder.

4 – Aja, estude, converse em Inglês

Há diversos chats online em que as pessoas se encontram para treinar idiomas. O portal Omegle, por exemplo, tem muito disso. Apesar de alguns entraves, há pessoas, sim, que estão ali para treinar um idioma, por exemplo.

Você pode conversar com uma pessoa que tem o mesmo nível, um nível superior ou um nível inferior de conhecimento em inglês.

Ali, há uma troca de experiência, ações e um diálogo simples e estruturado. Sem o medo. Tudo pelo aprendizado.

5 – Não ligue para o que alguns falam sobre seu nível

São poucos os que debocham do nível de inglês de uma pessoa. A maioria quer sim sua fluência e te ajudar para isso.

Portanto, não tema falar e explicar a situação de que você está treinando e aprendendo.A pessoa com quem você está dialogando ficará feliz em ser parte do seu treinamento e não te deixará na mão.

Não tema por seus erros. Todos erraram. Ninguém nasce no Brasil falando inglês nativo fluentemente.

Todos passaram pelas etapas que você está passando, portanto, não tenha medo de falar uma palavra errada, ria disso e corrija para que, da próxima vez, o erro seja a conquista e leve isso para as demais situações.

Não desista, o medo só provoca a desistência. Assim, tente, treine, converse, pratique. Você irá alcançar seus objetivos.

 

 

Quais as vantagens de aprender inglês?

Quais as vantagens de aprender inglês

Quais as vantagens de aprender inglês

Quais as vantagens de aprender inglês e aprender outro idioma? Muitas pessoas em algum momento da vida já tiveram esta dúvida, seja impulsionado pelos objetivos profissionais, seja pela realização pessoal, ou pelos dois motivos. O fato é que aprender um novo idioma, enriquece muito o currículo, as nossas visões sobre o mundo, sem contar ter a capacidade de compreender músicas em outro idioma, filmes, artigos, e dialogar com outra pessoa que também saiba falar uma segunda língua fluente.

No momento em que nos questionamos sobre a possibilidade de aprender um novo idioma, geralmente, a primeira língua que vem a mente é o inglês. O inglês é quase que um “idioma universal”. Ele é o idioma que aprendemos na escola – infelizmente na maioria delas, o ensino desta língua é ineficiente.

É o inglês que aparece nas configurações dos computadores, nos celulares. A indústria de cinema americana produz dezenas de filmes por ano e saber entender o inglês significa ter a capacidade de compreender um filme sem precisar de legenda e sem contar, claro, que enobrece o nosso ego saber falar e entender inglês, pois ainda é relativamente pequeno o número de pessoas que falam e que entendem este idioma.

Se as escolas – públicas e particulares – ainda não conseguem ensinar de maneira eficiente os seus alunos, o mesmo não acontece com os cursos de idiomas. O Brasil dispõe de excelentes escolas de idiomas – inclusive conhecidas mundialmente – que prometem (e cumprem, de acordo com o interesse de cada aluno), formar um indivíduo que entenda, fale e escreva de maneira fluente.

É importante ressaltar que nem todas as pessoas que falam o inglês conseguem entender perfeitamente a pronúncia – quando está conversando com outra pessoa que também fala o idioma, assim como nem todas as pessoas que conseguem entender a pronúncia, sabem escrever um texto em inglês perfeitamente.

É preciso praticar os três: fala, conversação (compreender a pronúncia de outra pessoa) e escrita, e neste caso, as escolas de idiomas renomadas no mercado brasileiro, estão qualificadas para ensinar os alunos a ser fluente nestes 3 quesitos.

Benefícios de aprender o idioma inglês para a vida profissional

Para quem está em dúvida, esta pergunta talvez seja taxativa: Quantos dos seus colegas de trabalho, ou de faculdade, falam inglês fluente? Fluente mesmo, aquela pessoa que consegue falar, entender o outro falando e escrever em inglês? Possivelmente poucas pessoas, certo?

vantagens de aprender inglêsO fato é que aprender inglês requer dedicação, tempo e investimento e é aí que muitas pessoas acabam deixando este objetivo adormecido. O que é uma pena, pois o inglês é idioma muito utilizado na carreira profissional, em reuniões de negócios.

O Brasil está entrando cada vez mais no mercado internacional, prova disso são as diversas multinacionais que abrem filiais aqui a cada ano. Ter o inglês como um dos “carros chefes” no seu currículo, só tende a valorizar.

Com um inglês fluente a pessoa não é “apenas mais um”, ele tem um diferencial, ainda mais quando a vaga de um emprego solicita que o candidato fale inglês.

Benefícios de aprender inglês para a vida pessoal

As vantagens de falar inglês vão além da realização profissional, como citado acima, vamos ser sinceros: faz tão bem para o nosso ego falar outro idioma e se destacar em uma conversa informal com amigos e conhecidos.

Compreender um filme em inglês sem precisar de legenda, compreender as configurações em inglês no computador ou no celular, ter a capacidade de entender um artigo escrito em inglês, compreender a letra de uma música, são realizações que não tem preço.

Aprender outro idioma – sobretudo o inglês – é um excelente investimento. As vantagens são inúmeras e a pessoa que se dispõe a isso só tem a ganhar.

 

Como aprender inglês sozinho

Como aprender inglês sozinho

Como aprender inglês sozinho

O Inglês continua sendo um idioma fundamental que permite a comunicação entre as pessoas em um nível universal. Até mesmo os empregadores estão cada vez mais dando preferência aos candidatos que tenham um bom nível de compreensão, fala e escrita de inglês, portanto, para ter boas oportunidades no mercado de trabalho é interessante se dedicar ao estudo dessa língua.

Mas se você não tem o tempo necessário para frequentar uma escola de idiomas, não precisa se preocupar: confira agora algumas formas de aprender inglês sem precisar sair de casa!

Como aprender inglês sozinho:

•    Cursos online

Os recursos tecnológicos disponíveis na atualidade facilitam muito o aprendizado do inglês e os cursos online são um grande exemplo! Existem várias opções e, normalmente, o aluno conta com um material didático de qualidade e acompanhamento de um professor, tudo isso virtualmente.

Se você quer aprender inglês sem sair de casa, mas faz questão de ter uma orientação para otimizar os seus estudos, o curso online possivelmente é a melhor opção.

•    Livros específicos

Em livrarias que vendem materiais didáticos, você pode encontrar livros no estilo “aprenda você mesmo”. Eles são elaborados por profissionais e pensados justamente para que a pessoa possa utilizá-los sem auxílio.

Esses livros podem ser encontrados tanto para níveis mais básicos quanto os mais avançados, assim, você evolui na sua aprendizagem pouco a pouco.

•    Leitura de notícias

Que tal começar a acessar portais de 0notícias norte-americanos para saber o que acontece lá nos Estados Unidos e também no restante do mundo?

Reportagens jornalísticas costumam ter uma linguagem bem simples, do cotidiano, por isso, são ótimas para quem está aprendendo.

Também vale acessar sites estrangeiros de assuntos que lhe interessem, porque isso vai estimular a leitura. Entrevistas no Youtube são uma boa pedida.

No início, você não vai compreender totalmente o texto ou o vídeo, mas isso é completamente natural. O importante é adotar isso como um hábito.

•    Músicas

Essa dica já é quase um clichê, mas funciona muito para quem está tentando aprender inglês sem sair de casa. Renove o repertório musical do seu celular, iPod ou computador com músicas em inglês.

Pesquise um pouco sobre artistas e bandas para selecionar os seus gêneros favoritos. Ouça a caminho da escola/faculdade, do trabalho ou quando estiver em casa, porque isso vai acostumar o seu ouvido ao novo idioma.

Existem sons na língua inglesa que não existem em português (como o “th”) e isso dificulta a pronúncia. É por essa razão que ouvir o inglês com frequência facilita muito, para que esses sons possam ser assimilados pouco a pouco.

•    Disciplina

Essa dica deve, obrigatoriamente, acompanhar qualquer uma das anteriores. Aprender inglês em casa é mais difícil do que em uma escola porque você não terá uma rotina de aulas a seguir.

Será sua responsabilidade separar um tempo todos os dias para estudar e praticar. Essa flexibilidade que os estudos residenciais oferecem acaba sendo uma armadilha para quem não está verdadeiramente focado.

Tome cuidado com isso, mantenha a disciplina, estude todos os dias e seja paciente. O sucesso é garantido!

 

 

Como aprender idiomas online

Como aprender idiomas online

Como aprender idiomas online

Diante da mudança constante das exigências para obter uma boa colocação no mercado de trabalho, aprender diferentes línguas é uma alternativa inteligente que passa a agregar um grande valor ao seu currículo.

De acordo com as pesquisas realizadas por locais que oferecem cursos de aprendizado de línguas, ocorre que 80% da comunicação de negócios em diversos locais do mundo são escritas e faladas em inglês, mostrando a importância de se aprender outra língua, principalmente o inglês.

Motivos para aprender outras línguas

A realização de cursos de línguas passou a ser constante devido às oportunidades que o aprendizado de um idioma específico pode proporcionar.

Essas oportunidades podem ir além de uma colocação positiva no mercado de trabalho, trocas de cargos, ou simplesmente uma maior habilidade para desempenhar funções importantes no trabalho.

O fato de a pessoa falar outras línguas pode proporcionar o acesso a diferentes culturas, práticas e costumes de determinado país.

Além disso, aprender diferentes idiomas é uma forma de enriquecer a sua cultura e priorizar a sua inteligência, desenvolvendo habilidades interessantes e tendo a acesso aos mais variados conteúdos.

E claro, tendo a possibilidade de viajar todo o mundo. Ao obter o conhecimento em diversos idiomas a pessoa passa a ganhar diversas oportunidades de viajar e estudar, para que consiga entender com maior intensidade o idioma pelo qual se interessou; não só a língua, mas todos os hábitos e curiosidades do local.

Ter o conhecimento intenso em uma língua estrangeira permite uma recolocação no mercado de trabalho, possibilitando o conhecimento de tudo que ocorre no mundo, além de poder traçar novos rumos a sua vida.

O interessante é que ao ter acesso a diferentes idiomas, as possibilidades de viajar passam a ser mais intensas e reais, além da oportunidade de poder passar uma temporada em outros países sem se preocupar com a língua do local.

Cursos de línguas online

Existe uma grande variedade de cursos de línguas que oferecem aos alunos a oportunidade de realizar as aulas online.

Este fato passa a ser interessante, principalmente, para as pessoas que não possuem tempo suficiente para se deslocar até um local específico para realizar as aulas.

Com essa possibilidade a pessoa passa a ter o mesmo acesso à aprendizagem que outros alunos que realizam aulas presenciais.

O curso online pode ser desempenhado a partir de softwares ou ferramentas que dispõem de um conteúdo teórico e prático, possibilitando que o aluno tire suas dúvidas online com um professor.

Como aprender idiomas online

Através das aulas de áudio e vídeo, é possível aprender a pronúncia correta de determinados termos, fazendo com que o aluno aprenda corretamente determinado idioma.

Além disso, também há cursos que disponibilizam apostilas e conteúdos no formato de vídeo para ter acesso mais intenso às informações de uma língua. O aprendizado passa a ser mais útil do que em algumas aulas presenciais, pois através dos vídeos é possível que o aluno assista quantas vezes desejar até conseguir interpretar a matéria.

As provas de alguns cursos online exigem que o aluno vá à sede da instituição realizá-las, até como uma forma maior de segurança para o aluno. No entanto, há outros que utilizam plataformas que contabilizam o tempo de resposta para que não ocorra busca de respostas pela internet.

Exemplos de escolas de idiomas:

Escola de Inglês Wise Up

English Town -Escola De Inglês é Online

Open English: Curso de Inglês online

 

 

Como aprender um novo idioma ajuda na carreira e na vida

Como aprender um novo idioma ajuda na carreira e na vida

Como aprender um novo idioma ajuda na carreira e na vida

Poder se comunicar com pessoas de diversas partes do mundo, viajar para qualquer país sem medo de ser enganado ou passar por constrangimentos, ganhar novas experiências e absorver novas culturas são apenas algumas das vantagens de se aprender uma nova língua

Quando se trata da vida profissional, ter proficiência em um outro idioma, ou outros idiomas, é um detalhe fundamental que pode garantir a sua contratação e eliminação do seu concorrente, além de uma tão almejada promoção ou transferência para outro país, caso trabalhe em uma multinacional.

Viver sem fronteiras

Para nativos em português, aprender um novo idioma é essencial, já que mesmo sendo a quarta língua mais falada do mundo, por cerca de 203 milhões de pessoas em países como Brasil, Portugal, Moçambique, Angola, São Tomé e Príncipe, dentre outros, ainda é difícil encontrar pessoas que se comuniquem em português fora desses locais.

O mesmo não se pode dizer do inglês, que possui mais de 110 países que se comunicam com o idioma, além de ser estudado e praticado ao redor de todo o mundo. Por isso o domínio da língua inglesa não é mais um diferencial, e sim, essencial em um currículo profissional.

O domínio em novas línguas também gera benefícios cognitivos para a escrita, para a capacidade de percepção e para o raciocínio lógico.

Aprender um novo idioma é a forma mais eficiente de viver sem limitações, e expandir sua rede profissional e pessoal além das fronteiras a que está habituado.

Em uma empresa, sua presença será indispensável, principalmente se a sua fluência for em línguas em ascensão, mas ainda pouco faladas por profissionais, como o alemão e o mandarim.

O cenário do mercado atual não exige somente profissionais graduados, e sim, pessoas que tragam aspectos diferenciais, como cursos e certificações, e claro domínio em outras línguas.

Ao se deparar com um candidato poliglota, as empresas enxergam um potencial líder, com perfil globalizado e pronto para encarar qualquer desafio.

Aprenda por caminhos não tradicionais

A maioria das pessoas já conhece a importância de saber outro idioma, além do nativo. No entanto, os métodos tradicionais como as escolas e cursos de idiomas costumam apresentar uma fórmula de aprendizado cara e lenta.

Um curso de inglês, por exemplo, costuma durar no mínimo três anos, com mensalidades que podem chegar a R$1000.

O avanço da internet e da tecnologia móvel têm se mostrado como grandes aliadas para quem deseja aprender novos idiomas, sem seguir os caminhos tradicionais.

Muitos cursos online já oferecem aulas com professores de diversos países como China, França, Espanha, Itália, Alemanha e Estados Unidos de forma gratuita.

Alguns desses cursos têm resultados comprovados de alunos fluentes em três meses. O mesmo vale para os aplicativos, como o Duolingo, que trazem lições diárias sobre o idioma escolhido.

Especialistas acreditam que um contato diário de pelo menos 15 minutos com outra língua pode tornar qualquer pessoa fluente.

Por isso, mesmo que não possa investir em escolas de idiomas, ouça músicas em outras línguas, pesquise novas palavras, traduza pequenos textos, participe de fóruns de idiomas – como o Livemocha – ou assista filmes e séries legendados.

Essas dicas podem fazer que o seu nível de proficiência passe do básico ao fluente em pouco tempo, e garantirão a sua ascensão profissional.